sábado, agosto 15, 2009

Para refrescar



video



A ventoinha foi comprada na Remar, uma ONG cujas iniciais significam reabilitação de marginalizados.
Tenho por hábito visitar estes templos do second hand* onde se encontra sempre o inesperado. Inclui-se também a Reto – Associação Reto à Esperança, com idênticos fins. Mas não basta ir a estes e a outros sítios apenas uma vez, é necessário voltar e ver o que vai aparecendo, ou seja, de que passados e objectos as pessoas se querem libertar, mobiliário, roupa e memórias incluídas.
Esta ventoinha é um objecto dos sixties no seu melhor. Exigiu limpeza e oleamento, mas funciona impecavelmente em três velocidades.
E refresca.

Quase me apetece dizer: coloquem o vídeo em full screen, liguem o som e aproximem-se do monitor.



* ver nota sobre o post anterior

4 Comentários:

Às 10:22 AM , Blogger O Caractere Criativo disse...

Tenho uma idêntica comprada à alguns anos e que funciona lindamente. Gostei principalmente do teu último parágrafo. És um grande "idiota" e com o calor que está talvez alguém siga a tua ideia.

Um abraço deste teu grande amigo,
J.J.

 
Às 10:27 AM , Blogger tsiwari disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
Às 10:28 AM , Blogger tsiwari disse...

Just great, my friend!

:)

Hugssssssssss

 
Às 2:50 PM , Blogger aurelino costa disse...

a margem
dos que na margem sonham
e abrem as soturnas portas
dos "homenzinhos" sem sonho

essas portas de luminosidade incompreensível aos demais das normas

mortas...

(um grande abraço, querido amigo AF,aureli.)

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial