segunda-feira, março 06, 2006

articulações

Image hosting by Photobucket

Ninguém sabe que um sujeito chamado Whitcom Judson, que eu não conheço de lado nenhum, inventou um mecanismo para substituir botões e cordões. Parece que no início foi um fiasco, era comum saias e calças abrirem-se inadvertidamente.
O fecho é constituído por umas pequeninas linguetas metálicas ou de plástico que, ao serem puxadas, engatam umas nas outras como os elos de uma lagartinha. Para funcionar eficazmente tem de fechar “bem”. Em certas partes do corpo requer destreza no manuseamento, caso contrário pode prender-se à respectiva parte do corpo e causar embaraços e dor.
O que nos espanta é a facilidade e precisão de um bom fecho éclair. Quando as linguetas não se articulam bem, não encaixam umas nas outras, não é eficaz.
Como na vida e nas relaçãoes pessoais, convém que a articulação seja a melhor possível. No fecho, que é um aparelho, a articulação tem de ser perfeita; nas relações, o mais ou menos bem já pode ser razoavelmente bom.

1 Comentários:

Às 1:12 PM , Blogger maria joao martins disse...

Adorei este texto sobre várias coisas sem as quais não conseguiríamos viver. Beijos

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial