segunda-feira, janeiro 02, 2006

O abandono da lampreia



Ontem, dia 1 de Janeiro, numa zona ajardinada de Telheiras, estava uma lampreia de ovos abandonada, dentro duma caixa de cartão. Intacta, morta, com os olhinhos de chocolate a olharem para mim, rodeada de cerejas cristalizadas.
Foi alguém que a deixou ali, porque tinha lampreias a mais?
Porque não gostava da pessoa que a ofereceu?
Porque ali vivia um diabético descontrolado?
Porque desconfiou da lampreia?
E eu disse para comigo «dava uma boa história».

3 Comentários:

Às 9:13 PM , Blogger MAM disse...

Não conheço a solução do enigma. só sei que a lampreia se salvou de morrer ao sol e à chuva, porque alguém a "eternizou" num certo funcionamento...

 
Às 10:07 PM , Blogger ana disse...

"dava um boa história" sim de indignação! Se calhar houve gente que nem sopa teve.

 
Às 12:18 AM , Blogger António Ferra disse...

são benvindas todas as histórias, especialmente as de indignação, um bom motor para escrever,pensar e fazer pensar. ainda bem que acabei por "eternizar" a lampreia, caso contrário teria sido uma morte inglória.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial